Inclusão

Parnamirim institui a Semana Municipal da Pessoa com Deficiência ao Calendário Oficial de Eventos do Município

O Prefeito de Parnamirim Rosano Taveira instituiu na última quinta-feira (14), por meio de publicação no Diário Oficial do Município, a Lei Ordinária n° 2.274, que determina a inserção da Semana Municipal da Pessoa com Deficiência ao Calendário Oficial de Eventos do Município, a qual será comemorada entre os dias 21 e 27 de setembro, de forma anual.

Durante a comemoração, serão realizadas atividades alusivas a causa, com o objetivo de ressaltar a importância de entendimentos, conhecimentos, discutir e compartilhar ideias, sugestões e temas relacionados com a vida da Pessoa com Deficiência/PcD, promovendo também ações de inclusão social, educacional e profissional entre diversos setores, como instituições, associações, empresas, poder público e privado, sociedade civil organizada, escolas e os munícipes em combate ao preconceito e discriminação contra as pessoas com deficiência na sociedade de Parnamirim. Estimulando, ainda, uma cultura de eventos e serviços inclusivos.

Confira o a Lei Ordinária n° 2.274, de 14 de julho de 2022 na íntegra através do link: diariooficial.parnamirim.rn.gov.br/#/

Em tempos de inclusão, a  Prefeitura de Parnamirim mais uma vez larga na frente e trabalha para uma sociedade mais igualitária.

Inclusão

Idosa de 92 anos já produziu mil cachecóis para ajudar pessoas que vivem rua

Imagem de capa para Idosa de 92 anos já produziu mil cachecóis para ajudar pessoas que vivem rua

 

Mas que fofura! Uma idosa de 92 anos dedica a sua vida fazendo cachecóis para ajudar pessoas em situação de rua em Curitiba.

São peças de lã tricotadas com muito carinho por ela e que aquecem quem mais precisa. Desde que adotou o hobby há 5 anos, dona Josephina, chamada carinhosamente de Phina, produziu mais de 1.000 peças, todas já doadas.

Antes disso, as peças colorem a sala da aposentada, onde ela gosta de fazer suas criações.

 

3 mil famílias em situação de rua em Curitiba

São as filhas de Dona Phina que ficam responsáveis por distribuir os agasalhos criados pela mãe. São elas que, inclusive, bancam a lã utilizada por Dona Phina para o trabalho solidário.

A idosa contou que aprendeu os segredos do ponto avesso e direito do tricô quando era adolescente. Ela revelou que a atividade começou como um passatempo mesmo.

“Isso aqui aparece, né? E o serviço da casa não aparece nunca. Você faz e desmancha, faz e desmancha, você mesmo faz e você mesmo desmancha tudo”, brincou. (é uma fofa!)

 

Tem mais gente na rua do que antes da pandemia

Segundo dados da Prefeitura de Curitiba, pelo menos três mil famílias estão em situação de rua em Curitiba. O número é 15% maior do que o registro do início da pandemia, em 2020.

“Eu acho que se eu fizer alguma coisa que tem utilidade, eu acho que já tô feliz da vida […] fazer sem olhar pra quem”.

 

Campanha de agasalho

E foi lançada uma campanha emergencial no Só Vaquinha Boa para a compra de cobertores e meias para aquecer nossos irmãos.

Para fazer a sua parte dessa corrente do bem, clique aqui. Ou doe diretamente pelo nosso PIX e-mail: frio-cobertores-sp@sovaquinhaboa.com.br

 

 

Foto: RPC

 

Deu no SNB

Inclusão

Bolsonaro transformou a comunicação com surdos, diz intérprete de Libras

 

Em entrevista ao portal Poder360, Fabiano Guimarães da Rocha relatou que o presidente Jair Bolsonaro (PL) transformou a comunicação com surdos. Ele, que é intérprete de libras, disse que o mandatário é o primeiro a ter comunicação direta com a população surda.

“O presidente Bolsonaro inaugurou pela primeira vez na história do [Palácio do] Planalto a comunicação Direta com a população surda. O presidente faz a diferença […]. Foi o único que colocou no segundo escalão de poder uma pessoa surda como secretária de uma subpasta da pessoa com deficiência no Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos”, declarou.

De acordo com Guimarães, essa iniciativa do governo brasileiro desencadeou um olhar diferenciado da sociedade brasileira.

“A sociedade começou a olhar diferente para as políticas públicas no campo da inclusão, da comunicação acessível através desse trabalho realizado no Planalto”, acrescentou o intérprete.

Concedida no início deste mês, a entrevista foi veiculada neste sábado, 21, nas plataformas digitais do Poder360.

Inclusão, Mundo

Criança com Síndrome de Down comove ao consolar Jesus em Via Sacra

Imagem de capa para Criança com Síndrome de Down comove ao consolar Jesus em Via Sacra

 

 

Um dos vídeos mais compartilhados neste feriado de Páscoa, inclusive no Instagram do Só Notícia Boa, mostra uma cena genuína e que enche o coração da gente de amor e afeto.

Na cena, um garoto com Síndrome de Down aparece abraçando e protegendo o ator que interpretava Jesus Cristo durante uma Via Sacra, no México.

Lembre-nos do amor mais sublime, o de cuidar dos outros com misericórdia! Sua inocência, seu amor transbordante e sua síndrome de Down nos desafiam hoje. Juan Pablo é seu nome, que deve ser sinônimo de boa esperança. Vamos ensinar nossos filhos a serem mais compassivos”, diz a legenda do vídeo.

Ele foi originalmente publicado no Facebook em 2018, mas a cena é tão marcante que, até hoje, o vídeo retorna aos ‘trends’ da web. E vale muito a pena relembrá-la. O garotinho fofo se chama Juan Pablo.

 

Senso de proteção

Enquanto era filmado – sem perceber – Juan acompanha o ator que interpreta Cristo, na cena em que Jesus caminha escoltado por três soldados romanos.

Quando um dos soldados bate no chão com o chicote, o menino fica ao lado de “Jesus”, o abraça e o acaricia com a outra mão.

A palestrante mexicana Cynthia García-Galindo, que originalmente compartilhou o vídeo, explicou que o arquivo foi enviado pelos paroquianos que presenciaram o momento na Via Sacra.

Ela então decidiu compartilhá-lo para promover um maior impacto sobre acessibilidade e respeito às pessoas Síndrome de Down.

Os usuários que comentaram o vídeo, elogiaram o gesto de amor do menino. Inclusive uma mulher escreveu:

“O menino está fazendo a mesma coisa que nosso Senhor faz, quando andamos tristes, cansados, perseguidos, caluniados, com problemas. Ele nos abraça, nos cuida, nos defende dos nossos inimigos, nos protege com a certeza de que tudo estará bem, pois assim como esse menino está ao lado desse homem, Jesus está conosco”.

Em outro comentário, uma seguidora também contou que se emocionou muito. “Isso me fez chorar. Eles têm uma missão muito grande nesta vida e, na verdade, demonstram o amor mais puro e sincero. Deus abençoe esse pequeno”.

E que esse vídeo do Juan nunca seja esquecido!

 

 

Deu no Só Notícia Boa

Inclusão

Câmara de Natal celebra Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo

Autismo é tema de campanha de sensibilização desenvolvida em projeto de  extensão da FACERES - Faculdade Faceres

 

Para celebrar o Dia Mundial da Conscientização sobre o Autismo, comemorado no dia 2 de abril, a Câmara Municipal de Natal recebeu em sessão solene, nesta terça-feira (05), crianças e jovens diagnosticados com espectro autista, além de pais, professores e instituições que apoiam a causa. Proposta pelo vereador Herberth Sena (PL), a solenidade lembrou os problemas enfrentados pelos pacientes e suas famílias, cobrou mais atenção do Poder Público, mostrou o que vem sendo feito pelo Legislativo natalense e homenageou profissionais empenhados na luta por direitos para os autistas.

Ao fazer uso da palavra, o vereador Herberth Sena destacou que a homenagem é o reconhecimento a pessoas, instituições e autoridades que possuem relevantes serviços prestados à causa. “No Brasil, existem quase 2 milhões de pessoas com espectro autista, o que mostra a importância da questão. Ainda assim, existe muito preconceito na sociedade. Por este motivo, faz-se necessário ressaltar o trabalho de entidades e associações que formam uma rede de apoio fundamental para acolher quem precisa de ajuda”, disse ele, que acrescentou:

“Trata-se de uma oportunidade para conhecer um pouco mais da luta em prol dos autistas e também saber como essas pessoas estão sendo cuidadas. Dito isso, tenho a alegria de anunciar que a Câmara Municipal de Natal aprovou a criação da Frente Parlamentar em Defesa dos Autistas, voltada para debater todos os assuntos referentes a este segmento social. Aproveito para parabenizar todos os vereadores da Casa pela iniciativa”.

Entre as homenageadas da noite, a dentista Aquila Dantas reforçou a importância dos profissionais de saúde no atendimento aos autistas e familiares. “Me sinto honrada e feliz com a indicação para uma distinção cheia de significado. Trabalho com atenção secundária na rede municipal de saúde; atuo, também, no Hospital Estadual Maria Alice. Enfim, fico gratificada por saber que estou fazendo a diferença na vida dessas pessoas”, declarou.

Representando o Movimento Independente Pró Autismo do RN (Movipa), Priscila Oliveira agradeceu ao parlamento municipal pela parceria na causa em prol dos autistas. “Um dos grandes problemas da atualidade é a ausência de efetiva inclusão social por falta de cidadania. Todavia, ao abrir suas portas, a Casa do Povo contribui para garantir a cidadania que tanto precisamos para conquistar direitos. Em tempo: espero que mais e mais cidadãos sejam contagiados pelos exemplos daqueles que lutam por uma causa tão nobre”, afirmou ela, que é mãe de autista.

De acordo com Lindinalda da França Rocha, da Nutrivida, o reconhecimento da Câmara de Natal serve de incentivo para que as iniciativas sejam fortalecidas em todo o Rio Grande do Norte. “Constitui uma imensa satisfação trabalhar com pacientes tão especiais, promover inclusão e receber a satisfação dos pais e familiares ao longo das terapias que desenvolvemos. Então, esta solenidade chega para brindar tudo isso”.

Inclusão

Governadora Fátima vai reduzir restaurantes populares em todo o RN

 

O Programa assistencial mais importante do RN vai acabar pelo andar da carruagem.

O programa social de Restaurantes Populares do RN, já foi o maior programa de alimentação para pessoas que se encontram em estado de vulnerabilidade do Brasil. Chegando a servir mais de 1 milhão de refeições em um único mês.

Ocorre que desde do início do governo Fátima, o programa vem sofrendo cortes e reduções drásticas. Inclusive noticiado nesse BG e por mais de uma vez as respostas do governo só reforçaram o que informamos.

Enquanto a quantidade de miseráveis e famintos aumenta, o quantitativo de refeições servidas pelo programa só tem reduzido conforme se comprova no edital nº 003/2022/2022 publicado nessa sexta-feira dia 01 de abril, onde se percebe uma redução de 42.570 refeições por mês, apenas nos lotes dessa licitação, representando uma redução anual de 510.840, você não leu errado, são mais de meio milhões de refeições ao ano que a população em estado de vulnerabilidade social deixou e vai deixar de receber. Esse desmantelo já teve até cobertura das televisões ao vivo, filas e filas e as pessoas sem ter a refeição a 1 real naquele dia.

Para melhor ilustrar apresentamos a tabela abaixo com os quantitativos de cada cidade:

Cidade/Local do Programa Quantidade antes do Governo Fátima Quantidade no Governo Fátima
Santa Cruz 1000 refeições diárias 765 refeições diárias
Jardim de Piranhas 400 refeições diárias 300 refeições diárias
Jucurutu 400 refeições diárias 285 refeições diárias
Ceará Mirim 500 refeições diárias 190 refeições diárias
João Câmara 500 refeições diárias 450 refeições diárias
Macau 700 refeições diárias 665 refeições diárias
Natal/ Planalto 500 refeições diárias 330 refeições diárias
Natal/ Pompeia 500 refeições diárias 500 refeições diárias
Canguaretama 500 refeições diárias 330 refeições diárias
São José do Mipibu 500 refeições diárias 230 refeições diárias
Santo Antônio 500 refeições diárias 220 refeições diárias
Areia Branca 500 refeições diárias 400 refeições diárias
Assu 500 refeições diárias 500 refeições diárias
Mossoró 800 refeições diárias 700 refeições diárias
Apodi 500 refeições diárias 500 refeições diárias
São Miguel 475 refeições diárias 475 refeições diárias
Total de Refeições Diárias 8775 refeições diárias 6840 refeições diárias

Manter e aumentar os programas que fornecem refeições ao povo, não é mais uma questão de gestão, mas sim uma questão humanitária e de sobrevivência. Não se pode acabar com um dos poucos alentos para os pobres em meio a inflação galopante e a uma crise econômica/social pós pandemia, onde comprar comida está cada dia mais difícil.

A SETHAS argumenta que as reduções ocorreram em localidades que não serviam a quantidade contratada, não atingindo a meta proposta nos contratos. Contudo devemos fazer uma indagação aos gestores do Governo: porque o excedente gerado com a diminuição dos quantitativos, não foi redirecionado para outras unidades dos Restaurantes onde muita gente fica sem se alimentar devido à pouca quantidade de refeições contratadas? Será que não tem pessoas precisando?

É inconcebível ver o Rio Grande do Norte indo na contramão dos nossos estados vizinhos, que neste difícil momento estão fomentando os programas alimentares. Os Governos que antecederam o atual, investiram e ampliaram os programas que distribuem refeição para a população, levando o nosso Estado a ser destaque nacional nesse tipo de assistência, chegando a distribuir mais de 1 milhão de refeições mensais.

Mas o que vemos atualmente, são pessoas desesperadas, aglomeradas e famintas em filas que se torna cada vez maior, em busca de um prato de comida que em breve não será mais servido.

Deu no BG

Inclusão

Quem é o cabeleireiro que faz transformação e ajuda sem teto a mudar de vida

Imagem de capa para Quem é o cabeleireiro que faz transformação e ajuda sem-teto a mudar de vida

 

 

Sim. É a mesma pessoa nas duas fotos acima! As fotos transformação do morador em situação de rua Bruno Henrique Cassimiro Ramos, de 33 anos, viralizaram nas redes sociais nos últimos dias. O rapaz de Votorantim, no interior de São Paulo, prometeu a si mesmo que vai “mudar de vida” e disse que o novo visual foi o primeiro grande passo dessa mudança.

E não é que a família dele, que hoje vive na Itália, teve notícias do Bruno depois das fotos viralizarem nas redes sociais? Agora eles querem se reunir novamente e levar o Bruno para morar com eles na Europa!

E o autor de toda essa mudança na vida do Bruno é o cabeleireiro Leandro Matias, que desde os 14 anos coleciona transformações de pessoas em situação de rua.

Ele sempre gostou de ajudar os outros e falou ao G1, da primeira transformação que fez.

“Foi antes da pandemia, uns três anos atrás. Uma senhora catadora de reciclagem passou em frente ao salão e eu pedi para um dos meus funcionários chamá-la. Ela entrou e eu disse que ela tinha ganhado um presente. Aí eu apontei para o céu e ela começou a chorar”.

Leandro ajuda pessoas “invisíveis”, que ninguém enxerga, segundo ele.  O jovem cabeleireiro faz tudo de graça e só exige que a transformação seja uma surpresa para o cliente.

“Toda transformação eu fico ansioso. Eu não deixo a pessoa ver o resultado até eu acabar. Eu pergunto o que a pessoa quer ou não e, depois, eu a viro de costas para o espelho. Quando finalizo, é aquela choradeira. Uma das minhas maiores motivações é saber que eu dou o pontapé inicial na vida dessas pessoas”, disse.

 

A transformação do Bruno

Nesta quinta-feira, 31, Leandro estava voltando ao salão, quando encontrou um outro rapaz nas ruas e perguntou se ele queria uma mudança no look. Leandro estranhou mas aceitou.

“Dei uma toalha e um sabonete para ele e falei ‘vai lá e toma o banho da sua vida’. Depois, ele colocou um roupão meu e almoçou. Depois, fiz luzes no cabelo dele, cortei, fiz uma esfoliação no rosto dele, e também fizemos a sobrancelha. Na hora, ele ficou em choque, não acreditava que era ele”.

A transformação foi registrada, postada nas redes sociais de Leandro e teve muitas curtidas e compartilhamentos.

Após as postagens, uma dentista entrou em contato com o cabeleireiro e vai fazer um tratamento dentário no Bruno nos próximos dias. Ele também tem ganhado roupas e ajuda de pessoas que o encontram na rua.

 

Bruno antes da transformação pedindo ajuda nas ruas - Foto: arquivo pessoa
Bruno pedindo ajuda nas ruas Foto : Arquivo pessoal

 

O cabeleireiro Leandro Matias atendendo Bruno no salão em Votorantim - Foto: arquivo pessoal
O cabeleireiro Leandro Matias atendendo Bruno no salão em Votorantim – Foto: arquivo pessoal

 

Família quer levá-lo para a Itália

Bruno contou ao G1 que é de Minas Gerais e, aos cinco anos, foi abandonado pela mãe. Ele morou com a irmã e, depois, ficou um tempo com o pai e até chegou a ir para um orfanato. Hoje, a irmã e o pai moram na Itália.

Ele falou sobre a dependência de drogas e que quer mudar de vida.

“Já fui para clínicas de reabilitação duas vezes em Araçatuba (SP). Lá eu comecei a trabalhar como técnico de iluminação, algo que eu tinha aprendido com meu irmão. Nesse tempo, eu fiquei com uma pessoa, estava bem, trabalhando, e, em 2019, fui fazer um trabalho na Ilha Comprida (SP). Foi quando descobri uma traição. Fiquei mal e decidi que iria embora para o interior. Não conhecia ninguém”.

Bruno chegou em Sorocaba (SP) em fevereiro de 2020, um mês antes do início da pandemia no Brasil. Como não conhecia ninguém na cidade, acabou ficando nas ruas. E um dos seus maiores problemas havia voltado: a droga. Ele conta que, durante a pandemia, não recebeu muita ajuda.

“Nessa época, eu estava descrente da vida, não queria saber de nada. Quando o Leandro me encontrou, era o que eu estava precisando. A gente cansa da humilhação. Aquele não era o meu verdadeiro eu, então aceitei a mudança”.

E quando ele viu o novo Bruno no espelho…. “Me senti outra pessoa, foi muita alegria. Me fez lembrar do passado. O que eu tenho mais saudade é do meu trabalho, é o que eu faço desde os meus dez anos”.

Bruno afirma que está aproveitando a oportunidade para mudar de vida: “não quero ser mais aquele homem, quero mudar”, afirma.

A repercussão foi tanta que a irmã de Bruno entrou em contato com Leandro através da postagem e está conversando com a família para tentar levá-lo até a Itália.

 

 

Alguns dos moradores em situação de rua que já ganharam transformação feita pelo cabeleireiro Leandro - Fotos: arquivo pessoal
Alguns dos moradores em situação de rua que já ganharam transformação feita pelo cabeleireiro Leandro Matias – Fotos: arquivo pessoal

Deu no G1

Arte, Inclusão

Casa Durval Paiva promove Live Natalina nesta quinta, 16

 

Nesta quinta-feira (16), a partir das 15h, a Casa Durval Paiva promoverá uma live especial, iniciando as celebrações natalinas. Com apresentação de Diego Negrellos, a transmissão será realizada através das plataformas YouTube e Instagram, que levam o nome da instituição: @casadurvalpaiva.

Na programação, sorteio de presentes para os pacientes, divulgação da mãe do ano da CDP, apresentação da Tropa Trupe e um especial dos colaboradores da Casa Durval Paiva. Participe e celebre com a CDP, através do https://bit.ly/NataldeMagiaCDP.

A luta contra o câncer infantojuvenil é a bandeira da Casa, divulgando os principais sinais de alerta do câncer, buscando assim conscientizar a sociedade, para maiores chances de cura, quando o diagnóstico da doença é feito precocemente. Essa é a prova de que juntos podemos fazer a diferença. Quer saber mais sobre a instituição? Acesse casadurvalpaiva.org.br, redes sociais ou (84) 4006-1600.

 

 

Inclusão

Parnamirim recebe, do Ministério das Comunicações, computadores para inclusão digital no município

 

Ministro Fábio Faria , Prefeito Rosano Taveira e o Deputado Federal General Girão estiveram presentes no evento Foto: Divulgação

 

O prefeito de Parnamirim Rosano Taveira participou, na tarde desta segunda-feira (29), em Ceará-Mirim, da entrega de 500 computadores para 45 municípios do RN. A doação dos computadores é uma ação do projeto Computadores para Inclusão, do Ministério das Comunicações.

O prefeito recebeu o certificado de entrega dos computadores das mãos do Ministro das Comunicações, Fábio Faria. Estiveram também presentes no evento o Deputado Federal General Girão e diversos prefeitos do RN.

No total, a cidade de Parnamirim  recebeu 10 computadores, que serão destinados para a montagem de um laboratório de informática na Escola Municipal Jacira de Medeiros de Souza, localizada no bairro de Nova Esperança.

“Investir em educação nunca é demais. Sem sombra de dúvida, esses computadores farão a diferença na vida de muitos alunos do nosso município”, destacou o prefeito Rosano Taveira, na ocasião.

Os equipamentos são recondicionados e reformados por uma equipe de técnicos dos Centros de Recondicionamento de Computadores (CRCs), que limpam, substituem peças e componentes com defeito e instalam sistemas operacionais livres, deixando o computador pronto para utilização dos novos usuários.

 

Inclusão

81% dos líderes são pretos em franquia do Mc Donald’s no Brasil

Foto: Divulgação

 

Notícia boa no Dia Nacional da Consciência Negra, neste sábado, dia 20 de novembro: 81% dos líderes são pretos nas lojas do Arcos Dorado – franquia do McDonald’s na América Latina e Caribe.

Esses dados, de 2020 e 2021, são motivo de orgulho para a empresa, que continua investindo na capacitação dos funcionários para que eles possam se desenvolver profissionalmente e gerar ainda mais oportunidades de promoção e crescimento.

“Somos um dos maiores geradores de primeiro emprego formal da região e temos consciência de nossa responsabilidade em promover um ambiente de trabalho seguro, diverso e respeitoso”, explica Fábio Sant’Anna, Diretor de Gente, Diversidade e Inclusão na Divisão Brasil da Arcos.

Fábio ainda comenta que a empresa tem trabalhado constantemente para “oferecer a igualdade de oportunidades para todos, incluindo a ascensão de carreira para cargos de liderança de pessoas negras em nosso quadro, contribuindo com a luta antirracista no mercado de trabalho”.


Oportunidade de crescimento

Uma das histórias de orgulho e sucesso da Arcos Dorados é a da Adriana Alves, do Rio de Janeiro. A jovem começou a trabalhar para a rede em 2010, quando tinha apenas 17 anos.

Na época, Adriana ocupava o cargo de Atendente em uma unidade do McDonald’s no centro do Rio de Janeiro.

Foi através do portal MCampus, plataforma de aprendizagem e treinamento do McDonald’s, que ela se capacitou e foi promovida ao cargo de Assistente Administrativa, passando a Gerente de Área e depois Gerente de Plantão.

Durante esse período, Adriana enfrentou diversas lutas e desafios diários, incluindo o trajeto distante da casa dela em Petrópolis até o trabalho e a perda da mãe, que sempre a incentivava.

Com isso, Adriana passou a morar apenas com o pai, que é aposentado, e ajudou a contribuir com boa parte das despesas da família

Hoje Adriana atua como Gerente de Unidade de Negócio e reconhece que o apoio dado pela empresa foi um diferencial na carreira dela.

“Percebo que o McDonald’s evoluiu muito ao longo dos anos quando se fala em diversidade. Hoje, eu gerencio uma equipe muito diversa, incluindo três pessoas com deficiência e tenho esse papel de mostrar que eles também podem construir uma carreira de futuro”, comenta Adriana.

“São jovens, que ainda estão formando seus valores e existe essa importância e representatividade do meu papel de liderança em direcioná-los”, lembrou Adriana.

 

Diversidade e Inclusão

Uma das principais iniciativas do McDonald’s, implementada em toda a América Latina há cerca de três anos, é o Comitê de Diversidade e Inclusão. Esse comitê tem o propósito de conscientizar os funcionários sobre o respeito às individualidades.

Aqui no Brasil, a equidade racial é uma prioridade que vem sendo trabalhada pelo Comitê em diversas ações internas, como a realização de treinamento e distribuição de conteúdos educativos. Atualmente, 60% dos colaboradores da rede se declaram como pretos ou pardos.