Notícias

“Estamos preparados para governar a França”, diz Jordan Bardella, direitista que lidera as pesquisas

“Estamos preparados para governar a França”, diz Jordan Bardella, direitista que lidera as pesquisas 1
Foto: RCP/Medea

 

O candidato de direita ao cargo de primeiro-ministro da França, Jordan Bardella, afirmou nesta segunda-feira, 24, estar preparado para governar o país, seis dias antes do primeiro turno das eleições legislativas. Bardella, de apenas 28 anos e estrela em ascensão da direita francesa, emergiu como vencedor das eleições europeias de 9 de junho, levando o presidente Emmanuel Macron a antecipar as legislativas que estavam programadas para 2027.

“O Reagrupamento Nacional (RN) é atualmente o único movimento que pode implementar as aspirações dos franceses. Em três palavras: Nós estamos preparados”, declarou Bardella ao apresentar seu programa eleitoral. O RN e seus aliados lideram as pesquisas para as legislativas com cerca de 35% a 36% das intenções de voto, seguidos pela coalizão de esquerda Nova Frente Popular (NFP) com 27% a 29,5%, além da aliança de Macron, com aproximadamente 20%.

Jordan Bardella aspira ao cargo de primeiro-ministro caso seu partido, liderado de fato por Marine Le Pen, conquiste a maioria absoluta nas eleições legislativas marcadas para 30 de junho e 7 de julho. Ele conseguiu chamar a atenção do eleitorado por se debruçar temas que envolvem segurança, controle da imigração e reformas no sistema educacional, como a introdução de uniformes escolares e a proibição de celulares nas escolas, entre outros pontos.

“Sete anos de ‘macronismo’ enfraqueceram o país”, afirmou Bardella, criticando os resultados econômicos do governo Macron, que segundo ele, resultaram em altos níveis de dívida e déficit públicos. O candidato do RN também atacou o programa da NFP, alertando para um aumento generalizado da imigração e uma crise econômica profunda. “A França vai virar a Venezuela, mas sem petróleo”, reiterou.

Deu no Conexão Política

Notícias

Sobe o número de deputados que assinam coautoria no PL Antiaborto; veja a lista

Mais 24 deputados assinam coautoria do PL "antiaborto"; leia lista
Reprodução

 

Desde a aprovação do requerimento de urgência na Câmara, o Projeto de Lei 1.904/2024, conhecido como PL Antiaborto, angariou o apoio de 24 novos deputados, elevando o total de assinaturas para 56 parlamentares.

O Partido Liberal (PL) lidera com 36 assinaturas, mostrando um forte respaldo à proposta que equipara o aborto após 22 semanas ao crime de homicídio, inclusive nos casos permitidos pela Constituição (estupro, anencefalia e risco de morte da mãe), estipulando uma pena de até 20 anos de prisão para a gestante.

A deputada federal Renilce Nicodemos (MDB-PA), integrante da bancada evangélica, inicialmente assinou o projeto, mas posteriormente solicitou a retirada de sua assinatura ao descobrir que a pena prevista para a mulher poderia ser maior do que a do estuprador.

Entre os deputados que endossam o PL Antiaborto estão nomes como Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), Eduardo Bolsonaro (PL-SP), Bia Kicis (PL-DF), e outros representantes de diferentes estados e partidos.

Eis a lista completa dos parlamentares:

1. Sóstenes Cavalcante (PL-RJ)
2. Eduardo Bolsonaro (PL-SP)
3. Bia Kicis (PL-DF)
4. Adilson Barroso (PL-SP)
5. Filipe Martins (PL-TO)
6. Gustavo Gayer (PL-GO)
7. Delegado Fábio Costa (PP-AL)
8. Coronel Chrisóstomo (PL-RO)
9. Cabo Gilberto Silva (PL-PB)
10. André Fernandes (PL-CE)
11. Delegado Paulo Bilynskyj (PL-SP)
12. General Girão (PL-RN)
13. Zé Trovão (PL-SC)
14. Coronel Assis (União Brasil-MT)
15. Marcos Pollon (PL-MS)
16. Pastor Diniz (União Brasil-RR)
17. Messias Donato (Republicanos-ES)
18. Delegado Palumbo (MDB-SP)
19. Junio Amaral (PL-MG)
20. Dr. Frederico (PRD-MG)
21. Julia Zanatta (PL-SC)
22. Cristiane Lopes (União Brasil-RO)
23. Nikolas Ferreira (PL-MG)
24. Pezenti (MDB-SC)
25. Franciane Bayer (Republicanos-RS)
26. Simone Marquetto (MDB-SP)
27. Rodrigo Valadares (União Brasil-SE)
28. Filipe Barros (PL-PR)
29. Bibo Nunes (PL-RS)
30. Mário Frias (PL-SP)
31. Silvia Waiãpi (PL-AP)
32. Fred Linhares (Republicanos-DF)
33. Capitão Alden (PL-BA)
34. Abilio Brunini (PL-MT)
35. Evair Vieira de Melo (PP-ES)
36. Delegado Ramagem (PL-RJ)
37. Marcelo Moraes (PL-RS)
38. Eros Biondini (PL-MG)
39. Delegado Caveira (PL-PA)
40. Greyce Elias (Avante-MG)
41. Dayany Bittencourt (União Brasil-CE)
42. Gilvan da Federal (PL-ES)
43. Rodolfo Nogueira (PL-MS)
44. Coronel Fernanda (PL-MT)
45. Dr. Luiz Ovando (PP-MS)
46. Delegado Éder Mauro (PL-PA)
47. Carla Zambelli (PL-SP)
48. Pastor Eurico (PL-PE)
49. Paulo Freire Costa (PL-SP)
50. Lêda Borges (PSDB-GO)
51. Eli Borges (PL-TO)
52. Ely Santos (Republicanos-SP)
53. José Medeiros (PL-MT)

Deu no Conexão Política

Notícias

Entrega de insulina e remédios para diabéticos de Natal será dividida entre UBS e Unicat; veja como fica

UBS e Unicat vão dividir entrega de insulina e remédios para diabéticos de Natal; veja como fica
Foto: Reprodução

 

A Prefeitura do Natal e o Governo do Estado fecharam um acordo para a distribuição de insulina e outros medicamentos para pacientes diabéticos na capital potiguar. A definição aconteceu no dia 17, durante uma audiência entre as duas partes mediada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN).

Veja como ficou a distribuição:

  • Insulina Regular e Insulina NPH: distribuição nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), conforme forem enviadas pelo Ministério da Saúde
  • Insulina análoga de ação prolongada e Insulina análoga de ação rápida: distribuição na Unicat
  • Cloridrato de Metformina 500 mg e 850 mg, Glimbenclamida 5 mg, Gliclazida 30 mg e 60 mg: distribuição nas Unidades Básicas de Saúde (UBS)
  • Dapagliflozina 10 mg: distribuição na Unicat

Aos pacientes portadores de diabetes tipo 1 que necessitem fazer uso de Insulina análoga de ação prolongada e Insulina análoga de ação rápida, e aos pacientes portadores de Diabetes Mellitus Tipo 2 que necessitem fazer uso de Dapagliflozina 10 mg, a Prefeitura do Natal recomenda que realizem seus cadastros junto à Unicat para obter as devidas instruções.

Deu no Portal da 98

Notícias

Morador de rua é queimado vivo em Natal

Homem foi queimado vivo na Avenida Tomaz Landim, na Zona Norte de Natal -
Foto: Reprodução

 

Um homem em situação de rua foi queimado vivo na Avenida Tomaz Landim, no bairro de Igapó, na Zona Norte de Natal, na tarde deste domingo (23). O autor do crime foi outro homem em situação de rua.

A informação foi divulgada inicialmente pela TV Ponta Negra, que obteve acesso a câmeras de segurança que flagraram a ocorrência no local.

Pelas imagens, é possível ver os dois discutindo enquanto caminham. Em seguida, as chamas começam. O rapaz atingido corre e tenta de todas as formas apagar o fogo.

Testemunhas escutaram os gritos com pedidos de socorro e correram para ajudar o homem em situação de rua. O homem que ateou o fogo permaneceu no local. Ele parece estar sob efeito de álcool.

Uma pessoa gravou a ocorrência. É possível ver, nas imagens, que o homem foi atingido principalmente na cabeça, nas mãos e no tórax. O homem que ateou o fogo admite ter provocado as queimaduras.

O rapaz foi socorrido minutos depois por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, para o setor de Queimados do Hospital Walfredo Gurgel. O estado de saúde dele não foi divulgado. Já o criminoso ainda não foi localizado após a ocorrência.

Deu no Portal da 98

Notícias

Disputa por vaga no TCE entre George Soares e Gustavo Carvalho chega à semana final na Assembleia Legislativa

Deputados George Soares (PV) e Gustavo Carvalho (PSDB) -
Foto: ALRN / Reprodução

 

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte vai realizar na próxima quarta-feira (26) uma sessão secreta para escolher o novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Dois candidatos disputam a vaga: George Soares (PV) e Gustavo Carvalho (PSDB), ambos deputados estaduais. Os dois concorrem à vaga deixada por Tarcísio Costa, que se aposentou em maio após atingir 75 anos.

A escolha de um dos parlamentares vai mudar a composição da Assembleia Legislativa.

Se o escolhido for Gustavo Carvalho, quem assume o mandato até 2026 é o ex-deputado Getúlio Rêgo. Já no caso de George Soares, o suplente é o ex-deputado Vivaldo Costa, que é irmão de Tarcísio Costa.

Disputa acirrada

Nos bastidores, a estimativa de momento é que a disputa esteja empatada entre George Soares e Gustavo Carvalho, cada um com oito votos já confirmados.

Estão com George Soares (PV), além do voto dele próprio: Divaneide Basílio (PT), Dr. Bernardo (PSDB), Francisco do PT, Hermano Morais (PV), Isolda Dantas (PT), Kleber Rodrigues (PSDB) e Ubaldo Fernandes (PSDB).

Já com Gustavo Carvalho (PSDB), além do voto dele próprio, estariam: Adjuto Dias (MDB), Cristiane Dantas (Solidariedade), José Dias (PSDB), Luiz Eduardo (Solidariedade), Taveira Júnior (União Brasil), Terezinha Maia (PL) e Tomba Farias (PSDB).

Outros sete deputados ainda estão com o voto indefinido. São eles: Coronel Azevedo (PL), Dr. Kerginaldo (PSDB), Eudiane Macedo (PV), Ivanilson Oliveira (União Brasil), Galeno Torquato (PSDB), Neilton Diógenes (PP) e Nelter Queiroz (PSDB).

O presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira (PSDB), só vota em caso de empate.

Deu no Portal da 98

Notícias

Brasil reconhece quadrilhas juninas como manifestação cultural

Foto: Reprodução

 

O Governo Federal sancionou a lei nº 14.900 que reconhece as quadrilhas juninas como manifestação da cultura nacional. A medida foi publicada no Diário Oficial desta 2ª feira (24.jun.2024). O texto foi aprovado pelo Congresso Nacional em 21 de maio e propõe uma alteração na lei 14.555, de 2023, que cita apenas as festas juninas como manifestação da cultura brasileira.

Com a sanção, as quadrilhas, danças tradicionais das comemorações dos meses de junho e julho, também passam a integrar o grupo reconhecido. O projeto é de autoria do deputado federal Ruy Carneiro (PSC-PB). Ao ser aprovado na Câmara dos Deputados, foi à votação no Senado.

A relatora na Casa Alta, a senadora Daniella Ribeiro (PP-PB), declarou que a medida é compatível com a contribuição da dança tradicional para a cultura do país. “As quadrilhas juninas movimentam uma verdadeira cadeia produtiva da cultura. Desde os cenários, aos figurinos, a maquiagem, dançarinos. Portanto, é um projeto bastante meritório”, afirmou ao ler o relatório na Comissão de Educação.

Deu no Poder 360

Notícias

Irmãos e sobrinho brigam por herança de R$ 100 milhões de ganhador da Mega-Sena

Foto: Reprodução

 

A saga judicial em torno da herança do lavrador Renê Senna, que ganhou R$ 52 milhões na Mega-Sena, continua a causar divisões e disputas entre a família, mesmo após 17 anos do assassinato. Renê foi morto a tiros em 7 de janeiro de 2007 em Rio Bonito, no Rio de Janeiro, e, desde então, a briga pela fortuna, agora estimada em mais de R$ 100 milhões, tem sido marcada por quatro testamentos e inúmeras batalhas nos tribunais.

O mais recente capítulo da conturbada história começou em 4 de junho deste ano, quando o advogado Sebastião Mendonça, representando oito irmãos e um sobrinho de Renê, entrou na Vara Cível do Fórum de Rio Bonito com um pedido de nulidade do último testamento, apresentado por Renata Almeida Senna, filha do milionário, que a designa como única herdeira, excluindo os demais parentes.

Renata havia assegurado judicialmente 50% da herança em novembro de 2021. À época, a Justiça determinou que cerca de R$ 43 milhões (sem contar com pouco mais de R$ 10 milhões, frutos da venda de uma fazenda onde Renê morou antes de morrer), fossem depositados em sua conta.

A decisão foi tomada após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negar um recurso da viúva, Adriana Ferreira Almeida Nascimento, condenada a 20 anos de prisão por mandar matar Renê ao descobrir que seria excluída do testamento devido a uma traição.

Batalha judicial entre a viúva e a família
Adriana, ex-mulher do milionário e acusada como mandante do assassinato, tentava validar um terceiro testamento, que dava direito a ela à metade da fortuna. No entanto, o Judiciário considerou que Renê foi manipulado por Adriana, que teria um plano para matá-lo.

Assim, o acórdão reconheceu a validade de um dos testamentos anteriores, que dava a oito irmãos e um sobrinho de Renê o direito à outra metade de seus bens, além da parte já destinada por direito à Renata, filha do milionário.

Em setembro de 2023, Renata apresentou um novo testamento — alegando que o último documento havia caducado (perdido a validade) —, datado de 14 de outubro de 2006, no qual ela aparecia como única herdeira, anulando, assim, os direitos dos irmãos e do sobrinho de Renê.

A defesa dos excluídos, representada por Sebastião Mendonça, argumenta que as testemunhas deste testamento têm interesse na causa, o que comprometeria a validade do documento.

“O documento está com nulidades. A testemunha que participou do testamento tinha interesse na causa por já ter prestado assessoria financeira ao Renê e à Renata, que era inventariante do espólio. O código civil fala que quem tem interesse na causa, quem tem afinidade, ou é amigo, ou inimigo, não pode participar do ato”, afirmou o advogado ao jornal O Globo.

Deu no Metrópoles

Notícias

Câmara Municipal de Natal convoca aprovados em concurso público

Foto: Elpídio Júnior

 

A Câmara Municipal de Natal (CMN) convocou os aprovados no concurso público. No total, foram chamados 14 pessoas para ocupar o quadro pessoal da CMN. A homologação do resultado foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) nesta segunda-feira (24).

No documento, há a apresentação dos nome selecionados e também a convocação dos candidatos para o cumprimento do resto do processo seletivo previsto no edital nº. 01/2023. Os convocados precisam apresentar os documentos exigidos e uma relação de exames para serem efetivados no cargo.

Confira os nomes dos convocados, documentos e exames solicitados aqui.

Deu na Tribuna do Norte

Notícias

Mercado eleva previsão de inflação pela 7ª semana consecutiva

Foto: Diário do Poder

 

Agentes financeiros ouvidos pelo Banco Central (BC) esperam inflação acima da meta para 2024. Dados do Boletim Focus registram expectativa de inflação em 3,98%. A meta da inflação para este ano é de 3%, com tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos.

O documento, divulgado nesta segunda-feira (24) pelo BC, também mostra alteração na expectativa de cotação do dólar. A edição de hoje mostra previsão para a moeda norte-americana negociada em R$5,15. Há uma semana a expectativa já havia subido e estava em R$5,13. Há 4 semanas estava em R$5,05.

Sobre investimentos no país, a previsão se mantém estável há 5 semanas, na casa dos US$70 bilhões. A Selic, que é taxa básica de juros, repetiu a previsão da última semana, 10,50%. O Produto Interno Bruto (PIB), que mostra o crescimento de um país, apresentou ligeira alta em relação a semana anterior, passou de 2,08% para 2,09%.

Deu no Diário do Poder

Notícias

Presidente do MDB provoca Laurita, mulher de Henrique: “Vai trair Álvaro depois de mamar 7 anos no governo?”

Presidente do MDB, Júlio Protásio, provocou Laurita Arruda e Henrique Eduardo Alves -
Foto: Reprodução

 

O presidente do MDB em Natal, Júlio Protásio, provocou neste domingo (23) a jornalista Laurita Arruda, mulher do ex-ministro Henrique Eduardo Alves. Em publicação nas redes sociais, Júlio perguntou se o casal Laurita e Henrique iria “trair” o prefeito Álvaro Dias (Republicanos) e apoiar outro candidato na eleição municipal que não seja Paulinho Freire (União Brasil).

“Agora você? Vai votar para prefeito no candidato de Álvaro Dias, já que você e Henrique indicaram cargos e secretário na prefeitura? Ou vai trair Álvaro depois de mamar no governo 7 anos? Vá cuidar de sua vida, mulher (sic)”, escreveu Júlio Protásio em postagem no X (antigo Twitter).

Henrique Eduardo Alves é um dos principais articuladores da pré-campanha de Carlos Eduardo (PSD). A decisão contraria o caminho do prefeito Álvaro Dias, que apoia Paulinho Freire para prefeito de Natal.

Laurita questionou reunião de Júlio com Carlos

A publicação de Júlio Protásio foi em resposta a uma publicação anterior de Laurita Arruda. Horas antes, a jornalista repercutiu um encontro político que reuniu Carlos Eduardo e Júlio Protásio e duvidou do apoio já acertado do MDB em Natal à pré-candidatura de Natália Bonavides (PT).

“A explicação por que o MDB de Natal não vai repetir a aliança do RN não é segredo para ninguém. O diretório municipal não quis…”, escreveu Laurita.

Em resposta, Júlio Protásio escreveu o seguinte: “O MDB vamos seguir a liderança de Walter Alves (vice-governador e presidente estadual do partido). A candidata Natália Bonavides tem apoio de 40 pré-candidatos do MDB. Foi devidamente avisada que temos alguns pré-candidatos que vão apoiar Carlos devido ao segmento evangélico”.

Em seguida, fez o post perguntando sobre o apoio de Laurita e Henrique para prefeito. A jornalista ainda não respondeu.

Deu no Portal da 98