Esporte

Copa do Mundo vai começar mais cedo; Veja novas datas

 

A Copa do Mundo de 2022 vai começar um dia antes do que o planejado inicialmente. Em vez de 21 de novembro, a competição terá início em 20 de novembro, um domingo, com o jogo entre Qatar e Equador.

A decisão já foi tomada pela Fifa internamente e deve ser oficializada nos próximos dias. A antecipação da Copa foi um pedido da organização do Mundial do Qatar, para que a inauguração do torneio seja em um evento mais destacado dos outros dias de jogos.

Na tabela inicial, a estreia da seleção anfitriã da Copa 2022 seria o terceiro jogo do dia 21. Na prática, a abertura da Copa seria o duelo entre Senegal e Holanda, às 7h (de Brasília), previsto para o Al Thumama Stadium. Essas duas seleções também estão no grupo A, ao lado de Qatar e Equador.

A mudança na tabela fará com que a Copa tenha 29 dias. A final está programada para 18 de dezembro, no Lusail Stadium. A estreia da seleção brasileira será em 24 de novembro, contra a Sérvia.

Pelo calendário internacional, todos os jogadores deverão ser liberados para as suas respectivas seleções em 13 de novembro.

Informações do Portal Grande Ponto

Esporte

Sócios aprovam venda de 70% da SAF do Vasco para a 777 Partners

 

Na noite deste domingo, 07, os sócios do Vasco aprovaram por 79,44% dos votos (3.898 no total) a venda de 70% da SAF (Sociedade Anônima do Futebol) ao grupo 777 Partners.

A votação teve ‘comparecimento em massa’ dos torcedores, de acordo com o presidente Jorge Salgado. 976 torcedores (19,89%) votaram contra o acordo.

Em entrevista ao ge.com, o presidente comemorou o resultado. “Vai resolver grande parte dos nossos problemas. Sabem dos problemas financeiros e isso está equacionado com o acordo. Injeção de capital de R$ 700 milhões, reforças futebol e pagar dívida. Transferir a dívida para 777. Acordo excepcional”, disse.

O dinheiro do grupo será inserido nos próximos três anos. No Brasil, o Cruzeiro e o Botafogo já aderiram à nova medida.

Deu na Jovem Pan

Esporte

América-RN vence Moto Club e fica a um empate das quartas de final

 

O América-RN está a um empate das quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. Com o apoio de 18 mil torcedores na Arena das Dunas, o Alvirrubro venceu o Moto Club por 2 a 1 neste domingo e largou com vantagem no confronto que será decidido em São Luís no próximo sábado. Téssio, com golaço de fora da área, e Wallace Pernambucano, de pênalti, fizeram os gols do time potiguar. Hulk descontou e manteve o Moto vivo.

Empurrado pela torcida, o América foi intenso e dominante desde o apito inicial. O técnico Leandro Sena só não esperava perder Araújo com sete minutos de partida. Téssio foi o escolhido para entrar e o Alvirrubro ficou com cinco homens ativos no campo de ataque. Wallace Pernambucano, de cabeça, parou no goleiro Rodrigo Carvalho. Em outra oportunidade, Felipinho, novidade do América, mandou na rede pelo lado de fora. O Moto chegou poucas vezes, mas assustou com batida de Eliomar da entrada da área. Aos 34 minutos, porém, brilhou a estrela de Téssio, em chutaço de longe. Golaço.

O América ampliou a vantagem logo no início da segunda etapa. Iago foi derrubado na grande área e o pênalti foi marcado. Wallace Pernambucano cobrou bem e fez a festa da torcida presente. O problema é que o time potiguar se “acomodou” e deixou o Moto entrar no jogo. Em um momento de desatenção, Hulk, que entrou na segunda etapa, fez boa jogada individual e marcou para a equipe maranhense aos 28 minutos. Gol importantíssimo, que mantém o Moto na briga pela vaga. Lúcio Maranhão ainda teve a chance de fazer o terceiro do América, mas cabeceou para fora após cruzamento de William Marcílio.

O segundo jogo será sábado, às 19h, no Estádio Castelão, em São Luís. O América se classifica com um empate. O Moto terá que vencer por dois gols para conquistar a vaga no tempo regulamentar. Se ganhar por um gol, a decisão da vaga será nos pênaltis.

Deu no GE

Esporte

ABC vira o jogo contra o São José-RS e garante classificação antecipada para próxima fase da Série C

Foto: Adriano Abreu

O ABC garantiu a classificação antecipada para a próxima fase da Série C do Campeonato Brasileiro após vencer, de virada, o São José-RS no Frasqueirão.

A vitória Alvinegra por 3 a 2 veio nos acréscimos do segundo tempo de jogo. O gol da classificação foi marcado por Felipinho aos 46 minutos da segunda etapa. O time gaúcho esteve à frente no placar por duas vezes.

O ABC chega aos 31 pontos e está matematicamente garantido na segunda fase da competição faltando uma rodada para o fim da primeira fase.

Na última rodada, o Mais Querido encara o Figueirense-SC, no sábado, dia 13, às 17h no Orlando Scarpelli.

Esporte

Meia Maratona do Sol Sicredi deve receber 10 mil participantes

 

 

Para quem acredita que corrida é só para quem treina o ano inteiro para competir em distâncias maiores, encontra na Meia Maratona do Sol Sicredi a possibilidade real de desfazer esse mito. Com a expectativa de receber 10 mil corredores em sua 8ª edição, com largada marcada para o dia 17 de setembro de 2022, em Natal/RN, a organização da prova espera que pelo menos um terço desse total garanta sua participação no menor percurso: o de 5km, assim como os demais percursos de 10km e 21km.

Nem só de atletas de ponta vive uma corrida. Cada vez mais as pessoas em geral buscam a participação em eventos esportivos como incentivo a mais para sair do sedentarismo, para seguirem motivadas a buscar saúde por meio do exercício físico e até para iniciar um novo momento em suas vidas.

Seja para participar de uma programação de fim de semana diferente, confraternizar com amigos ou superar seus limites, a corrida de rua se consolida como oportunidade ideal para colocar tudo isso em prática, como enfatiza Gabriel Negreiros, diretor de Comunicação e Marketing da HC Sports, empresa organizadora da Meia do Sol.

“Cada vez mais recebemos aquele atleta que é incentivado por amigos que já participam, que não corre no dia a dia mas joga futebol, surfa, treina na academia ou pratica beach tennis. Outra figura muito bem recebida por nós é o atleta de última hora, que decide participar da Meia do Sol para correr, caminhar, para se divertir mesmo, tudo em torno de uma atividade democrática, que tem o poder de agregar pessoas”, complementa.

Consolidada como o maior evento esportivo do Rio Grande do Norte e um dos maiores do Brasil, a Meia Maratona do Sol Sicredi vai além da corrida em si e ganha cada vez mais espaço no cenário esportivo como a festa de todos os esportes. “É o momento de cada participante se encontrar com quem gosta da atividade esportiva, curtir a cidade com segurança e viver uma experiência inesquecível”, acrescenta Gabriel.

Outro ponto a ser ressaltado é a movimentação que o segmento do turismo recebe no período, quando a cidade recebe os chamados “maraturistas”, atletas que viajam o Brasil e o mundo para participar de corridas de rua.

Para Gabriel Negreiros, o Nordeste tem grande potencial para se firmar como um gigante das corridas de rua do país. Além de apresentar excelente infraestrutura hoteleira, a região conta com avenidas atraentes para compor os percursos, belas paisagens e cartões postais de tirar o fôlego. “Esses detalhes são diferenciais e funcionam como atrativos para quem é apaixonado por esse tipo de prova”, detalha.

Desde a primeira edição da Meia Maratona do Sol, toda a infraestrutura do evento é voltada a proporcionar a melhor experiência ao atleta, consolidando Natal no roteiro das melhores provas de corrida do Brasil. Ganham o turismo e a economia potiguar, que recebem pessoas do restante do país, e suas famílias que vêm para completar a torcida, se hospedando e usufruindo da rede hoteleira por pelo menos três dias.

Elaborada de acordo com as normas técnicas estabelecidas pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), a competição também cumpre com as normas de segurança estabelecidas pelo Corpo de Bombeiros e Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Norte (Crea-RN).

Festa pós-corrida

Para comemorar a realização de sua 8ª edição e promover uma confraternização entre atletas e seus acompanhantes, a Meia do Sol prepara uma festa pós-prova com show gratuitos, no horário das 18h às 21h. As atrações musicais serão divulgadas em breve.

Inscrições

Até o momento, mais de 5 mil atletas já garantiram sua participação na Meia Maratona do Sol Sicredi. A taxa de inscrição com kits inclusos é de R$ 149 para qualquer um dos três percursos.

Há ainda descontos exclusivos para associados Sicredi. Ao se inscreverem, os participantes como um todo ganham 21 dias de treino grátis em qualquer unidade da Selfit no Brasil. Além disso, clientes Nordestão também têm condições especiais de pagamento.

A Meia Maratona do Sol conta com patrocínio da Sicredi, Prefeitura de Natal, Instituto de Radiologia, Supermercados Nordestão, Miranda, Holiday Inn, Santa Clara, Naturágua, Reidrat, Selfit e Rádio 96.

Serviço

Meia Maratona do Sol 2022

Data: 17 de setembro – sábado

Largada: Arena das Dunas – 15h30

Distâncias: 21km, 10km, e 5km

Inscrições e informações: www.meiamaratonadosol.com.br

Esporte

Departamento jurídico do ABC obtém vitória no STJD

 

O departamento jurídico do ABC marcou mais um gol, ao conseguir manter em apenas duas partidas, no Tribunal Pleno, as penas que o STJD aplicou nos laterais Felipinho e Alyson.

A suspensão acabou ficando mesmo em um terço da pena inicial, o júri de primeira instância havia aplicado seis jogos de suspensão a cada um dos jogadores.

A situação preocupou a ponto de fazer a diretoria buscar no mercado uma terceira opção para a lateral-esquerda, trazendo Daniel Vançan, que sequer chegou a estrear por ter sofrido uma lesão durante os treinos.

Sem maiores preocupações em relação ao setor esquerdo após a liberação dos seus atletas, a atenção agora é para montar um esquema  capaz de furar o bloqueio do São José-RS no confronto do próximo sábado, no Frasqueirão. Felipinho além de fechar bem a defesa, tem papel importante no apoio ao setor ofensivo.

Com sete novas opções para montar a equipe, o trabalho do treinador Fernando Marchiori, que conhece bem os reforços recém-chegados, é arranjar espaços para os novatos na equipe. Quem está muito bem contado para começar no grupo titular é o meia Guilherme Garré, que terá a incumbência de dar ritmo e distribuir melhor as bolas no meio campo, onde deve atuar ao lado de Wellington Reis e Erick Varão.

Wallyson, que voltou a realizar uma boa apresentação, entrando no segundo tempo, contra o Vitória, também deve ser confirmado no ataque, uma vez que a ideia é mandar a campo o que existe de melhor dentro do Alvinegro, com a finalidade de antecipar a conquista da classificação para a segunda fase.

Garré disse que chega em condições de jogar, já que vinha atuando normalmente pelo Betim-MG, além de conhecer bem como o técnico abecedista gosta de atuar, uma vez que ambos trabalharam juntos no Santo André.

“Fui muito bem recebido pelo grupo do ABC, que possui alguns atletas com quem já tive a oportunidade de trabalhar junto também. Todos me passaram bastante confiança e, caso o professor necessite, estarei pronto para dar o meu melhor dentro de campo para agarrar essa oportunidade e ajudar a equipe a conquistar a vitória”, afirmou

O meio-campista acredita que o bom retrospecto da equipe potiguar na condição de mandante, bem como o apoio maciço da torcida, vão garantir a tranquilidade necessária para o Alvinegro enfrentar um adversário difícil.

Deu na Tribuna do Norte

Esporte

ABC anuncia seis reforços e pode perder Pedro Paulo

 

Com um pé na segunda fase, a diretoria do ABC resolveu reforçar o grupo por atacado e anunciou o acerto com seis jogadores, que devem se apresentar amanhã ao treinador Fernando Marchiori. Estão sendo aguardados o goleiro Dheimison, o zagueiro Afonso e o atacante Lucas Douglas, todos vindo do Oeste, além do meia Guilherme Garré, ex-Betim-MG, o meia atacante Clayson, que atuava no Ituano e mais o atacante Eron, vindo do Sampaio Corrêa-MA.

A chegada do novo goleiro, pode ser um preparativo da diretoria abecedista que recebeu uma proposta do Atlético-GO, que já levou o atacante Kelvin, pelo goleiro Pedro Paulo. Titular absoluto do gol alvinegro, a diretoria não possui interesse em se desfazer do atleta, mas como o interesse dos goianos é real, o presidente Bira Marques sabe que não poderá evitar a saída do jogador se a direção atleticana pagar a multa rescisória exigida em contrato.

“A notícia desse interesse do Atlético-GO por Pedro Paulo chegou ao ABC por intermédio do representante do atleta. Deixamos claro desde o início que estamos dispostos a manter o goleiro no nosso elenco, até porque ele vem realizando uma boa competição. Mas nos dias de hoje não podemos mais afirmar muita coisa dentro do futebol. Se os goianos pagarem a multa rescisória, nós não teremos o que fazer”, disse Fred Menezes.

O dirigente falou ainda sobre a situação dos atletas recém-contratados. “Esses jogadores que anunciamos eram os que estavam disponíveis no mercado e que o dinheiro do ABC dava para trazer. Vamos com esse grupo para segunda fase, o de iremos lutar pelo acesso dentro de uma nova competição com muito mais equilíbrio entre as equipes”, destacou.

O ABC, com 28 pontos, define a sua classificação no próximo sábado, no Frasqueirão, quando irá enfrentar o São José-RS, necessitando de uma vitória para bater o ponto de corte definido pelos matemáticos para um clube garantir uma vaga na segunda fase. Mas as contratações foram realizadas porque, pelas contas da comissão técnica, com 29 pontos já seria possível conquistar a classificação.

O pacotão de reforços foi uma necessidade para Fernando Marchiori, que dias atrás havia perdido peças como o garoto Thallyson, que sofreu uma intervenção cirúrgica no joelho e está fora do Brasileirão, assim como o volante Patrick. Ambos se machucaram na derrota para o Remo, em Belém do Pará.

Com relação à representação na CBF em desfavor do árbitro Paulo Henrique Schleich (MS), que apitou e assinalou um pênalti inexistente contra o clube potiguar no empate por 2 a 2, contra o Vitória, no Barradão, em Salvador.

A diretoria ainda não se posicionou sobre o caso. Parte da cúpula diretiva segue o pensamento do treinador Fernando Marchiori, achando que o ABC deve representar, pois segundo o treinador essa já foi a terceira vez que o Alvinegro saiu prejudicado de campo por erros da arbitragem.

As outras duas foram contra o Remo e o Aparecidense, quando os potiguares reclamaram de lances polêmicos. A questão está sob análise do departamento jurídico, que vai definir sobre a viabilidade de apresentar alguma ação.

Deu na Tribuna do Norte

Esporte

Com recorde de público na Série D, América empata com o Jacuipense e avança na competição

 

A Arena das Dunas recebeu 24.466 torcedores que sofreram, mas voltaram para casa felizes com a classificação do América para a terceira fase da Série D. A vaga veio com um empate em 0 a 0 contra a Jacuipense, na tarde/noite deste domingo (31).

O Alvirrubro venceu o jogo de ida por 1 a 0. O próximo adversário do time americano é o Moto Club do Maranhão e o primeiro duelo será em Natal.

O Alvirrubro não teve o ala esquerda Rafael Carioca. No último treinamento antes do jogo o jogador sentiu uma contusão muscular e deve passar ao menos 20 dias fora de jogo para tratamento.

Diante da situação, o técnico Leandro Sena optou por escalar um trio de zagueiros com Éverton, Jean Pierre e Rômulo, dando mais consistência defensiva, uma vez que o América jogava pelo empate.

A primeira chance do jogo foi do time visitante. Aos 8 minutos, Raillan avançou pela direita na falha de marcação e cruzou. Thiaguinho chegou por trás da zaga e bateu de primeira, dando um susto no torcedor americano.

O América só conseguiu dar a resposta aos 31 minutos e quase a bola vai para as redes do rival. Everton fez uma grande jogada pelo lado direito com Elvinho e a bola chegou até Wallace Pernambucano. O atacante dominou na marca do pênalti e bateu firme. A bola explodiu na zaga.

As duas equipes voltaram para o segundo tempo sem mudanças, mas o time do América voltou tentando pressionar mais o Jacuipense.

No entanto, em um ato impensado, no meio de campo, Mayco Lucas agrediu o jogador rival na frente do árbitro Maguielson Barbosa. O juiz não titubeou e expulsou o volante americano.

Com um a menos o América recuou e passou a apostar no empate para passar de fase, tanto que Leandro Sena tirou Wallace Pernambucano e colocou Juninho para fechar de vez o meio de campo.

O Jacuipense foi pra cima, pressionou, mas quem criou as melhores chances para abrir o marcador foi o América, que acabou desperdiçando e se classificou com o empate.

Deu na Tribuna do Norte

Esporte

Brasil vence a Colômbia na final e conquista Copa América feminina

Seleção brasileira feminina supera Colômbia e conquista a Copa América pela 8ª vez
Seleção brasileira feminina supera Colômbia e conquista a Copa América pela 8ª vez

Foto: Reprodução/Twitter/Copa América

Seis jogos, 100% de aproveitamento, 20 gols anotados e nenhum sofrido. Não há rivais para a seleção brasileira feminina na América do Sul. Com campanha perfeita coroada com 1 a 0 sobre a anfitriã Colômbia, neste sábado, no Estádio Alfonso López, em Bucaramanga, a equipe de Pia Sundhage ergueu a taça da Copa América pela oitava vez em nove edições. Apenas em 2006 o troféu foi para outro país, com a Argentina.

Em seu jogo mais complicado na competição, a seleção brasileira passou alguns sustos e precisou de um pênalti para garantir nova conquista. Debynha foi derrubada e bateu com estilo para colocar o Brasil na frente – gol solitário da partida. Pela primeira vez, um jogo no continente teve a arbitragem de vídeo.

Foi a primeira conquista sob a direção de Pia Sundhage. Justamente no dia em que a treinadora sueca completou três anos no comando verde amarelo. Um prêmio justo para a treinadora que levou uma equipe renovada para a competição na Colômbia.

Na cerimônia que antecedeu a final, a ex-jogadora Formiga entrou com a taça no estádio. Ídolo e pioneira da seleção brasileira, a eterna camisa 8 acompanhou a conquista das tribunas.

Com informações do Uol

Esporte

Com elenco renovado, Brasil busca octa da Copa América feminina

 

A seleção brasileira feminina entrará em campo na noite deste sábado, 30, para disputar a grande final da Copa América feminina contra a Colômbia, às 21h (horário de Brasília).

Em busca do oitavo título e chegando à sua décima final da competição, o Brasil está com nova identidade, a começar pela treinadora, Pia Sundhage, que chegou ao comando da seleção pouco depois da Copa do Mundo de 2019.

Em um trabalho ambicioso, a sueca contabiliza 40 jogos (24 vitórias, 9 empates e 5 derrotas), busca seu primeiro grande título com o time canarinho e promove uma nova configuração do elenco.

Esta é a primeira vez desde a Copa do Mundo de 1995 que a Amarelinha vai para um torneio internacional sem pelo menos uma jogadora de seu trio de estrelas: Cristiane, Formiga e Marta.

As duas primeiras se aposentaram da seleção, enquanto a camisa 10 está se recuperando de uma cirurgia no joelho. Sendo assim, o elenco que disputa o torneio na Colômbia é cheio de novas atletas e alguns nomes conhecidos do público, como Bia Zaneratto e Debinha, que estiveram na disputa do título da Copa América de 2018.

Novos nomes como Angelina, Antônia, Kerolin, Ary Borges e Adriana têm mostrado seu potencial e conquistado espaço no grupo.

Deu na Jovem Pan