Burocrata do Senado ganhou diárias de R$45,8 mil em apenas 11 dias

 

O ano mal começou, mas a gastança no setor público segue a todo vapor, incluindo diárias de servidores no Senado. Na Transparência do Senado há duas ordens de pagamento para Gilvan Viana Xavier que totalizam R$45.833,58. O pagamento, aponta o documento, é para bancar 20 diárias em Madri (Espanha) de um “curso de pós-graduação”. A viagem está marcada para acontecer entre 3 e 23 de fevereiro. A astronômica ordem de pagamento é de 11 de janeiro, mas não é a única.

Antes mesmo de fechar janeiro, mês de recesso, o Senado já torrou R$250,6 mil em diárias. Cada pagamento vai de R$554 até R$37,5 mil.

Outros pagamentos, com identificação apenas de parte do CPF e que sugere ser para uma mesma pessoa, somam R$189,9 mil.

Outra servidora, identificada pelo Senado como Natalia Caliman, recebeu R$12,4 mil para participar de um curso de assessores na Europa.

Procurada para explicar a gastança, talvez em apoio a viagens ao exterior do presidente do Senado, a assessoria ignorou a solicitação.

Deu na Coluna Cláudio Humberto

Deixe um comentário