Deputado José Dias fala sobre liberação da licença da engorda de Ponta Negra

Foto: João Gilberto

 

O deputado estadual José Dias (PSDB) voltou a cobrar celeridade e seriedade na liberação da licença que vai permitir o início das obras da engorda da praia de Ponta Negra. O parlamentar falou durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa. De acordo com o parlamentar, esse formato adotado pelo Idema, é uma prática comum no Rio Grande do Norte, e prejudica a economia e os investimentos no Estado. José Dias citou a empresa Petrobras como exemplo.

“Esse modo adotado pelo Idema é comum no meio e infelizmente só prejudica esse Estado. Fiquei sabendo que o Ibama faz do mesmo jeito em relação às licenças solicitadas pela empresa Petrobras. Ao invés de cumprir a lei decidindo a favor ou contra a liberação das licenças, usam o artifício de ficar pedindo a conta gotas, as informações, fazendo exigências casuais e repetitivas. Prejudicando e muito os novos investimentos e o crescimento do Rio Grande do Norte”, reclamou. Ainda em seu discurso no horário de líderes, José Dias cobrou segurança pública no Rio Grande do Norte.

O deputado José Dias também se pronunciou no horário dos deputados, sobre uma emenda apresentada em 2021 para obras de reforma da igreja do município de Santana do Matos. Ele disse que ‘o que se diz em Santana’ é que a emenda dele foi cancelada e substituída pelos recursos da Fundação José Augusto que estão sendo utilizados nas obras recém-iniciadas da igreja. “É o que tem sido divulgado por lá”, disse o deputado, criticando a posição do governo. “Se for verdade”, ressaltou o parlamentar.

Deixe um comentário